Filmes: The Vow

Olá pessoal, é quarta-feira, já sabem que é dia de filme. Vou apresentar, para quem ainda não viu, outro filme que vi recentemente, The Vow, ou Prometo Amar-te, em português. Este é um filme de 2012, um drama romântico dirigido por Michael Sucsy, protagonizado por Channing Tatum e Rachel McAdams.

The Vow é baseado na história real, do casal Kim e Krickitt Carpenter, que algumas semanas após o casamento, tiveram um acidente de carro e Krickitt ficou com um trauma cerebral que lhe apagou as memória da sua vida com Kim e do seu casamento.

No filme, temos Paige e Leo Collins, um casal de recém-casados que num sinal de Stop, o seu carro é abalroado por camião. São ambos levados para o hospital e descobrem que Paige não tem qualquer memória da sua vida com Leo, só se lembra da sua vida antes de o conhecer.

No hospital, depois de descobrirem o estado de Paige, os pais dela aparecem e é a primeira vez que eles e Leo se encontram. Nunca se tinham conhecido antes.

Paige pensa que ainda está a terminar o curso na faculdade de direito, não compreende por que razão terminou o noivado com o seu ex-noivo Jeremy, e por que não se mantém em contacto com os antigos amigos e familia.


Os pais de Paige insistem em levá-la para casa, uma vez que ela desconfia dos motivos que a levaram a casar com Leo. Mas antes de partir, Leo vai ter com ela e relutante Paige aceita ouvir uma mensagem de voz que ela lhe deixou, onde ela parece estar muito apaixonada por aquele estranho.

Contra a opinião dos pais, Paige decide ir morar com Leo na esperança de que isso a ajude, aos poucos, a recuperar a memória. No entanto ela tem muitos problemas em adaptar-se , não consegue lembrar-se de nada, o que a deixa frustrada e zangada.

Uma noite vão jantar a casa de Paige, e Leo sente-se desconfortável, sente-se que não pertence ali com aquelas pessoas. Apesar das tentativas para ajudar Paige, ela parece mais interessada em perceber por que razão desistiu do curso de direito e terminou com Jeremy. Um dia ao encontrar-se com o ex-noivo, acabam por se beijar.

Com o casamento da sua irmã a aproximar-se, Paige decide voltar para a casa dos pais. Leo fica em pânico com medo de perder a mulher que ama. Então convida-a para sair e dormem juntos. Mas as coisas começam a correr mal quando o pai de Paige tenta convencê-lo a divorciar-se dela.

Paige e Leo acabam por se afastar. Ela volta para a faculdade e Leo assina os papeis do divórcio, uma vez que não tem esperanças que a mulher volte a recuperar a memória. Um dia, uma antiga amiga de Paige, sem saber que ela tem amnésia, pede-lhe desculpa por ter tido um caso com o seu pai, e ela confronta a mãe. Aí ela percebe por que motivo se afastou da família.

Ela pergunta a Leo por que motivo ele não lhe contou sobre o caso que o pai dela teve, e ele diz-lhe que queria ganhar o seu amor, e não afastá-la dos pais. Nas aulas, ela volta a descobrir a sua paixão pela arte e decide dedicar-se á escultura e ao desenho.

Volta a encontrar Jeremy que confessa ter terminado com a actual noiva, na esperança de que Paige voltasse para ele, mas ela recusa-o. O tempo vai passado e um dia Paige encontra um menu de café onde ela escreveu os seus votos de casamento e fica incrivelmente emocionada.

O filme termina com Paige a encontrar-se com Leo, por acaso, no café que costumavam frequentar, Café Mnemoniac, e ela sugere que experimentem ir a um sitio diferente, em vez do habitual. 

Esta história tocou-me imenso. Ao ver o filme, sentir o desespero de Leo quando percebe que a mulher não se lembra dele. A confusão de Paige ao ver aquele estranho com quem casou. É esmagador e incrivelmente assustador o pensamento de esquecer alguém que amamos. 

Para os românticos e optimistas como eu, recomendo que vejam este filme, acredito que vos vai dar bastante em que pensar. Fiquem o o trailer. =)


Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário