Twins - Cap 19


- Liz: “Deves pensar que não sou capaz...falo contigo depois!” 

- Dean: “Não te preocupes, fazemos de conta que é um beijo técnico dos filmes!” 

Desatei a rir e depois disse: 

- Liz: “Ah claro, vamos lá representar e tentar fazer com que pareça o mais real possível...”- disse eu sarcasticamente. 


Eu não tinha posição para me pôr, não sabia como devia de o abordar, então a Olívia sugeriu:


- Olívia: “Senta-te no colo dele!” Fiz o que ela disse e saiu sem querer baixinho mas o Dean ouviu: 
- Liz: “Olívia és uma mulher morta...eu sei o que estás a tentar fazer...” 

Depois olhei para o Dean e ele estava a olhar para mim com cara de gozo e eu disse: 


- Dean: “O que é que ela está a tentar fazer?” 
- Liz: “Não é nada...não consigo fazer isto assim pressionada e sem mais nem menos, ainda para mais com essa cara de parvo Dean, se calhar temos de beber um pouco (risos)!” 
- Dean: “O que queres que te faça? Esta é a minha cara, só tenho uma!” - gozou.
- Liz: “Eu fecho os olhos e tu fazes o que tens a fazer, pode ser? Por favor?” 
- Dean: “Pode ser, relaxa...pensa que não sou eu...” 
- Liz: “Sim, claro...” 

Fechei os olhos com a ânsia de sentir alguma coisa e quando senti os lábios dele tocarem nos meus até me pareceu que comecei a ouvir música de fundo, não foi abruptamente, foi suave... Parou tudo e parecia que estávamos de novo na noite da festa naquele quarto... 

Deixei-me levar e pareceram ser os dois minutos mais longos e intensos da minha vida. Quando a Olívia chamou, teve de o fazer duas vezes porque nem eu nem ele estávamos ouvir: 

- Olívia: “Hey! HEY! já chega não?” 

A voz estridente dela cortou logo o ambiente e ambos nos afastámos logo de seguida.
- Dean: “Ah sim, pronto já parámos!” 
- Liz: “Ah...eu vou á cozinha...já volto...vou buscar uma bebida!” 

Estava cheia de vergonha e pensei para mim que estava tudo arruinado, o Dean estava de volta, mas ia fazer tudo para me controlar, estava cheia de medo, não sabia como é que é que ia lidar com a situação sem dar nas vistas, não queria que ele soubesse nada. Estava encostada ao balcão a segurar uma bebida quando o Dean se veio juntar a mim: 


- Liz: “Que se passa? Está tudo bem?” - perguntei eu como quem não quer a coisa. 
- Dean: “Comigo sim, e contigo, está tudo bem?” 
- Liz: “Sim então?” 
- Dean: “Não sei, vieste para aqui tão depressa...” 
- Liz: “Ah não, está tudo bem, não te preocupes...” 

Ele aproximou-se e encostou-se ao balcão ao meu lado, de copo na mão e pergunta:

- Dean: “Quando estávamos no sofá...eu ouvi dizeres que sabias o que a Olívia estava a tentar fazer...o que tens a dizer sobre isso?” 
- Liz: “O quê? Eu disse isso? Não me lembro...” 
- Dean: “Eu percebi que ela fez de propósito...muitos detalhes e vi logo era planeado...” 
- Liz: “Talvez...mas por ela, eu não fiz nada, podes ter a certeza, eu nunca fazia com que isto acontece-se de propósito!” 
- Dean: “E por que razão ela o fez? Tu disseste que sabias o que ela queria fazer...então?”
...

2 comentários:

  1. continua muito bom, fico sempre ansiosa pelo proximo episodio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, espero que continue a acompanhar =)

      Eliminar