Twins - Cap 7

Parecia que estava no paraíso, num sonho do qual não queria, por nada acordar. Por mim teria ficado assim para sempre, mas entretanto senti o meu telefone vibrar no bolso, até pensei que fosse eu mesma que estivesse a vibrar de contentamento, e com muito sacrifício afastei-me e disse-lhe:
- Liz: “Ah...Dean...eu tenho de ir embora, a minha mãe já deve de estar á minha espera...vemo-nos outro dia!”
- Dean: “Liz, por favor espera, não vás embora!”
- Liz: "Tenho mesmo de ir..."

E fui, teve de ser porque estive prestes a acabar com a palhaçada toda e desfazer-me do meu disfarce. Aquele beijo fez-me vacilar, deixou-me fraca, ele havia feito com que deixasse de raciocinar por breves momentos. Mas depois pensei no Lee e tive de me vir embora para não estragar tudo.

Algum tempo depois cheguei ao dormitório e vi o Dean deitado na cama: 
- Liz: “Então Dean, voltei! Que contas, que tal de feira?” - Perguntei, como se não soubesse de nada.
- Dean: “Foi bom…”
- Liz: “Conheceste a minha irmã?”
- Dean: “…Ah sim conheci...”- disse atrapalhado.

Ele ficou muito atrapalhado, o que ainda me fez ficar com mais vontade de ouvir o que ele tinha para dizer:
- Liz: “O que aconteceu? tens alguma coisa para me contar?”
-Dean:“Não, nada de especial...beijei a tua irmã na barraca dos beijos, andei á pancada com o Luke duas vezes no mesmo dia e depois beijei-a de novo!”
- Liz: “O quê? A sério? Onde é que eu andava para perder isso tudo..?”
- Dean: “Não sei. Mas depois ela teve de ir embora, mas espero voltar a vê-la…”
- Liz: “Boa Dean! não estava nada á espera, agora imaginando, vocês fazem um belo parzinho (risos)!”
- Dean: “Não comeces com essas coisas, não sei quando vou voltar a ver a tua irmã…”
- Liz: “Talvez ela consiga vir cá um dia destes, não sei…”
- Dean. “Sim, talvez…”

E depois fiz a pergunta, da qual tinha receio da resposta:
- Liz: “E a Olívia?”
- Dean: “Que tem?”
- Liz: “Ainda estás obcecado com ela ou a minha irmã fez com que acalmasses?”
- Dean: “Não comeces Lee, eu sei lá, também não conheço muito bem a tua irmã.”
- Liz: “Ok...não te vou chatear mais(risos)!”

Deitei-me e apesar de estar no mesmo quarto que o Dean, estava completamente na lua, não conseguia parar de pensar no beijo e não consegui para de sorrir, foi então que o Dean se apercebeu e perguntou:
- Dean: “Estás bem? Desde que chegaste que não tiras esse sorriso estúpido da cara, parece que estás noutra dimensão, parece que estás apaixonado...estás?”
- Liz: “o quê? Apaixonado?”- Disse para me fazer de desentendida, mas depois acabei por me descair:
- Liz: “bem...acho que sim...sim acho que estou...”
- Dean: “E quem é ela?”
- Liz: “Ela? Ah sim ela...é a melhor coisa que me aconteceu...e aquele beijo hoje foi demais...só me apeteceu acabar com tudo e entregar-me a ele...ah ela...”- estava tão distraída e tão apanhada que já tinha dito demais e o Dean perguntou:
- Dean: “Acabar com tudo? Como assim?”
- Liz: “O quê? Ah isso, queria dizer que devia ter-lhe dito o que sentia por ela e acabar já com os rodeios, foi isso!”

Nessa noite assim que cai na cama adormeci logo, e fartei-me de sonhar especialmente com o Dean… Nas semanas seguintes nada de especial aconteceu, estava a custar-me estar com o Dean sob disfarce.

Eu estava constantemente a fazer-lhe perguntas e a mencionar-me a mim mesma,até andava animada, mas ao mesmo tempo estava a acontecer outra coisa, a Olívia estava a ficar insuportável, parecia uma carraça atrás de mim, atrás do Lee, então um dia tive de falar com ela: 
- Liz: “Olívia, o que estás a fazer?” 
- Olívia: “Eu sei que disseste para tentar algo com o Dean, mas não dá, eu não gosto dele…eu gosto de ti Lee, eu não tenho culpa…”
- Liz: “sinto-me lisonjeado, a sério, mas eu só te vejo como amiga, não leves a mal Olívia, se eu pudesse mandar nos sentimentos ia de certeza ordenar o coração para gostar de ti mas as coisas não funcionam assim, desculpa Olívia…”

Eu como rapaz era mesmo um arrasa corações (risos), mas tive pena dela, por sei que ela gosta de mim, do Lee, e quando penso nisso gostava que ele aparecesse aqui para me livrar desta situação super constrangedora.

Mas antes que pudesse fazer algo, ela acabou por dar a volta á situação, começou a usar o Dean para me fazer ciúmes, foi uma jogada baixa…Ela desempenhava tão bem o papel que estava a dar volta á cabeça do Dean e eu não estava a achar piada nenhuma.

 Uma tarde cheguei ao quarto e lá estava ela agarrada ao Dean, e saiu assim que eu entrei, passando por mim sem dizer nada: 
- Liz: “Então Dean, esqueces depressa, o que vale é que não vou contar nada á minha irmã…”
- Dean: “Não é nada disso que estás a pensar, a Olívia só precisava de ajuda num exercício e veio pedir ajuda…”
- Liz: “Oh claro, quando precisar de explicações também me posso sentar no teu colo?”

O pior é que com os meus ciúmes por gostar do Dean, a Olívia pensava que eu estava com ciúmes dela! Que estupidez. Nessa tarde voltei ao quarto e estava lá o Dean: 
- Dean: “Que raio foi aquilo esta manhã? O que se passa contigo? Isto é para protegeres a tua irmã ou estás interessado na Olívia?”
- Liz: “Claro, eu interessada…do na Olívia, poupa-me, só estou assim porque esqueceste a minha irmã muito rápido, ainda há uns dias falavas nela e agora só pensas na Olívia, desculpa...és meu amigo, mas ela é minha irmã…”
- Dean: “Eu não sei o que se passa, sem mais nem menos a Olívia não me larga, só complica mais as coisas…”
- Liz: “Certo, sinceramente meu pensava que eras diferente…Ela pode tentar manipular-te, mas tu é que escolhes se queres ser manipulado ou não!”

Sabia que ele não estava a fazer nada de errado, sabia que ele era um bom rapaz, conseguia compreender isso. Ele até há bem pouco tempo estava super apaixonado pela Olívia, e era demasiado ingénuo para perceber que ela o estava a manipular para me atingir. Compreendia que ele se sentisse confuso, mas não conseguia deixar de me sentir irritada e com uma frustração do tamanho do mundo.

4 comentários:

  1. Estou adorando essa história aí!


    Continue!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem, espero que continue a seguir. =)

      Eliminar
  2. Sim, é melhor começar a ler do inicio, espero que goste e continue a acompanhar.

    =)

    ResponderEliminar